A importância do Logotipo

Você sabe por que é tão importante elaborar um logotipo para sua empresa?

Porque, em um primeiro momento, é ele quem vai estabelecer uma comunicação entre você e o seu cliente. Atualmente o mundo está muito “conectado” e apressado. As chances de seu potencial consumidor passar despercebido pelo seu logotipo em uma passagem rápida por algum site, outdoor ou até mesmo um panfleto, é muito grande. Não é uma tarefa fácil prender a atenção de alguém ultimamente. As pessoas correm contra o tempo constantemente e fazem tudo na maior pressa possível. Se você não tiver algo interessante para mostrar, provavelmente seu logotipo passará por uma barra de rolagem rápida ou será colocado no bolso e nem será notado.

Além disso, um logotipo pode trazer muitos benefícios para sua empresa. Segue abaixo uma lista que vai mostrar te porque você deve ter um logotipo:

 Identidade

Seu logotipo será o primeiro contato com seu cliente. É ele quem vai identificar sua marca para quem não a conhece. Ele é o responsável por, em um primeiro momento, apresentar, chamar a atenção e mostrar porque seu cliente deve escolher sua empresa e não outra. A essência e os valores de sua empresa devem estar em evidência para quem deseja contratá-los ou comprar seus produtos e/ou serviços. E o logotipo cumpre bem o seu papel.

 Confiança

Uma empresa sem um logotipo ou com um logotipo feito de qualquer maneira, abre espaço para ser vista com olhos negativos. Além de gerar dúvidas quanto à sua competência, corre o risco de ser vista como instável. Quando se tem um logotipo forte, marcante e que transpasse os objetivos de uma empresa ou corporação, a mesma ganha crédito. E, consequentemente, a confiança de quem contrata seus serviços ou compra seus produtos.

 Comunicação

Fazer a comunicação da sua empresa é um dos passos mais importantes para se obter sucesso. Quando se tem um logotipo, fica muito mais fácil e prático trabalhar a comunicação. A partir do momento em que você tem um logotipo de qualidade, você pode usá-lo em todos os seus materiais de publicidade, como cartão de visitas, itens promocionais, flyers, etc.

 Memorização

Pense no símbolo do Banco do Brasil. Agora lembre-se do símbolo da Nike. É o que acontece quando se tem um logotipo forte: o público reconhece “de longe”. Dispensa nomes com letras garrafais e com tempo se torna memorável. As camisas da Dudalina não precisam vir com o nome da marca escrito, pelo pequeno símbolo estampado você já sabe de qual marca se trata, não é mesmo? Se você tem um bom logotipo associado à sua marca, quando seus consumidores se depararem com seu logotipo em algum lugar, vão se lembrar das experiências que tiveram com sua empresa e, se essas experiências forem boas, certamente comprarão novamente.

  Fidelidade

Seu logotipo auxiliará na criação de vínculos com seus clientes, levando-os a terem um senso de lealdade com sua empresa. Sem contar que bons logotipos agregam valores às marcas. O que faz com que clientes fiéis prefiram pagar um preço “mais caro” por um produto de uma marca específica do que cair na tentação de vendas promocionais. Um bom logotipo cria a imagem ideal da sua empresa, com tudo o que ela tem de melhor para oferecer. Uma marca sólida cria vínculos com seus clientes e essa relação cria a fidelidade entre as partes.

A importância de se ter um bom logotipo é muito grande, porque é ele quem vai voltar os olhares dos consumidores para sua empresa. Em um primeiro contato, é ele quem vai falar para as pessoas, de forma rápida, o que sua empresa faz e como ela faz. E você sabe, a primeira impressão é a que fica. Por isso a Creato trabalha com dedicação e se orgulha de todos os logotipos que já desenvolveu até hoje. Nós usamos a criatividade, o conhecimento e bom senso para cada um deles. A importância de se ter um bom logotipo é grande, mas a responsabilidade de cumprir com os objetivos pré-determinados é muito maior. E disso nós entendemos bem.

Veja abaixo algumas das elaborações e re-designs de logotipos mais recentes que foram desenvolvidos pela Creato:

Re-design para a marca Ypiranga. Linhas mais suaves e proporcionais, sem perder as características essenciais do logotipo inicial.

Re-design do logotipo do Cliquei Achei. Traços reelaborados, deixando o logotipo com a cara da empresa.

O logotipo da Elite Imóveis foi elaborado com formas que remetem a prédios e luxo, o que justifica a coroa. As pessoas vêem o logotipo e conseguem deduzir instantaneamente o diferencial da empresa.

O re-design da PassosNet foi elaborado para passar a ideia de velocidade, que é o diferencial da empresa. As setas remetem a download/upload mais rápidos e sem dores de cabeça.

Logotipo elaborado para a Santa Casa de Passos, criado em comemoração aos 150 anos do hospital.

 

Conquiste seu cliente à primeira vista. Peça já seu orçamento!

Desenhos para uma mulher mais livre – Ilustrações de Carol Rossetti

Aborto, sexualidade, estilo de vida, de se vestir, tatuagens, celulite, peso, gravidez, e mais uma infinidade de temas do universo feminino, e masculino também; é claro; são retratados de forma única e delicada pela ilustradora mineira Carol Rossetti.

Carol usa o desenho para lutar contra o machismo e disseminar ideias que tornam a mulher mais livre, segura e feliz. A ideia fez tanto sucesso e por se tratar de temas universais que agora as ilustrações são traduzidas para vários idiomas. Confira abaixo uma seleção desse lindo trabalho:
 

Para acompanhar e saber mais sobre o trabalho de Carol acesse:

facebook.com/carolrossettidesign

carolrossettidesign.tumblr.com

Todas as fotos © Carol Rossetti

O logo hipster

 

Fontes em caixa alta sem serifa, flechas cruzadas, traços paralelos, selos, carimbos e faixas, tudo isso em conjunto com fontes script e ornamentos aleatórios dão cara à tendência que é simplesmente chamada de “Hipster Logo“. Já é bastante comum encontrarmos esse estilo em coleções de moda de marcas independentes e, em alguns casos, de marcas famosas. Com elementos ligados à natureza, ao mar, à praia e à cultura náutica, esta tendência está cada vez mais presente no cotidiano do design. Por tamanha presença, que tal conferir marcas do nosso dia a dia estilizadas com o “Logo Hispter”? Confira:

 

 

 

Como todo mundo está criando seus próprios logos baseados nesse estilo, o designer Tim Gelder resolveu criar o “The Hipster Logo Design Guide“, que mostra, com muito sarcasmo e acidez, passo a passo o processo para criar o seu próprio logo. Abaixo você confere o tutorial que adaptamos e traduzimos:

A importância dos mascotes

 

O mascote, além de incentivar e interagir com os mais diversos tipos de pessoas, cativa o público infantil e desperta seu interesse pelos produtos e serviços, trazendo consigo laços de fidelidade entre uma marca e seus consumidores. Há empresas resistentes quanto à adoção de um mascote em sua identidade visual, não percebendo sua importância na interlocução e na relação entre o cliente e a marca, entretanto, como recursos eficientes e muito presentes no nosso cotidiano, alguns deles marcam nossas vidas e ficam para sempre presentes no nosso subconsciente. Conheça alguns dos mais famosos mascotes e que traduziram os valores da empresa de forma amigável e simples:

Eleito como o melhor logotipo do mundo, o personagem Bibendum – ou Bib -, símbolo da Michelin, surgiu em 1898, quando os irmãos Michelin observavam uma pilha de pneus de diferentes dimensões. A aparência corpulenta formada pela pilha os fizeram criar o mascote da marca.

Tony, o tigre personagem dos Sucrilhos Kellogg’s, foi criado em 1952 e venceu um concurso para definir o mascote da marca. Tony venceu um elefante, um gnu e um canguru. Passando por algumas adaptações visuais, o tigre foi considerado um dez maiores personagens do século 20.

O Lequetreque, franguinho da Sadia, surgiu em 1971 com a intenção de promover a comercialização de produtos congelados, principalmente o frango defumado, que já vinha temperado e podia ir direto para o forno, reduzindo o tempo de preparo. Daí a ideia de se criar um personagem ágil, com capacete e óculos de motoqueiro.

O Cofapinho, cachorro da raça bassê personagem da Cofap, foi um dos principais ícones da publicidade brasileira em 1989. Uma curiosidade é que a raça bassê ficou conhecida como “Cofapinho” após o surgimento do mascote. Recentemente a empresa voltou a utilizá-lo.

Com o slogan “O bom humor começa aqui”, Happy, novo mascote do McLanche Feliz, chega ao Brasil com o propósito de representar uma opção saudável de alimentação e incentivar o consumo de frutas e legumes entre crianças.

Associando alimentação a diversão, Royal utilizou esta estratégia para aumentar o consumo do produto entre as crianças e adotou Bocão, uma gelatina vermelha, como mascote em 1989.

Quik Bunny, o coelho que promove a marca Nesquik, foi criado em 1973 e marcou a infância de quem tem hoje por volta de 30 anos. Mesmo passando por diversas modificações visuais, Quik foi nomeado como um dos 25 coelhos mais memoráveis do mundo.

Assolino, o mascote da Assolan, foi criado como uma ferramenta de disputa do mercado com a concorrente Bom Bril. Para isso, ele adotou uma postura descontraída que chamasse a atenção da dona de casa, dançando músicas de Calypso, Rouge e Latino.

Fuleco, o Tatu-bola, é o mascote da Copa do Mundo FIFA de 2014, a ser realizada no Brasil. Ele representa uma espécie nativa do país de tatu-bola, que encontra-se em estado de espécie ameaçada de extinção.

 

Nossos Mascotes

 

Creato, atendendo às necessidades de empresas de se aproximarem de seus clientes, já deu vida a muitos mascotes. Traduzindo conceitos, lemas e características de cada empresa, desenvolvemos mascotes que ajudaram a popularizar as marcas. Confira alguns exemplos:

Os mascotes criados para o Clube Passense de Natação (CPN) tiveram seus nomes escolhidos a partir de um concurso realizado pelo próprio clube. Uma sócia, que lhes batizou de Cepê e Ene, foi a ganhadora e é a madrinha oficial dos personagens.

O mascote do Colégio Del Rey personifica os alunos e dá vida às campanhas realizadas pelas instituição. Frequentemente utilizado nos materiais, ele tem uma abordagem infantil que condiz com a área de trabalho da empresa.

O carro sorridente e amarelo é o mascote utilizado pelo Auto Posto Carrão, um posto de combustível e serviços automotivos. Ele une todos os conceitos que o estabelecimento possui, além de ser uma representação do próprio nome da empresa.

O blog cultural inaugurado em 2012, Queijo com Cultura, faz uso de um mascote que acompanha suas postagens e atualizações. Retratado de forma sempre flexível, o mascote sabe ler, tocar violão, cantar e até mesmo praticar esporte.

Os cachorros-quentes Big Dog cativam o seu público e agregam valor com o uso do mascote, que foi conceituado como o produto que a empresa comercializa.

 

O mascote do Super Dog, um cachorro super-herói, surgiu após uma brincadeira com os termos da empresa de cachorros-quentes.

Para uma empresa do grupo MAX Telecom, Max Sistemas de Climatização, foi criado um pinguim que atua como interlocutor e aproxima os clientes de modo lúdico.

Considerado um político moderno, Dr. Roberto Alves, candidato e ganhador à prefeitura de Arcos, utilizou em sua campanha um mascote originado a partir de sua caricatura.

Planinho, um mascote desenvolvido para a campanha do Plano de Saúde da Santa Casa de Passos, é um pequeno alien que prega a saúde e a importância de hábitos saudáveis.

A equipe da Creato também conta com seus próprios mascotes em caricatura. Respectivamente, Andy, Fernando, Fernando Macedo e Lívia.

Este é o mascote da nossa agência! Criado há mais de 3 anos, ele foi reformulado este ano no quarto aniversário da agência para que tivesse mais personalidade, sendo assim mais carismático e interativo.

 

 

Vida secreta

Escovar os dentes, comer pizza, fazer a barba ou limpar o salão são apenas algumas intimidades de icônicos personagens da nossa cultura reveladas durante postagens ao longo deste fim de semana em nossa página no facebook. Em momentos cotidianos e que nós nunca poderíamos sequer imaginar, Batman, Mario, Spiderman e muitos outros são retratados na série “The Secret Life of Heroes”, criada pelo designer Greg Guillemin, que usou e abusou da Pop Art, do humor ácido e de um certo minimalismo nos personagens presentes. Confira uma seleção de imagens desta série um tanto quanto comum para nós, mas incomum para os heróis:

 

 

Redesign de marcas

O redesign favorece uma nova comunicação com o público e até mesmo abordar e representar uma nova ideologia adotada pela empresa, além de ser possível aumentar as vendas sem, necessariamente, alterar o produto. Os fatores que levam à necessidade do redesign são diversos, como a necessidade de destaque, o reposicionamento de mercado ou a adequação ao gosto dos compradores, para isso, algumas empresas fizeram apenas ajustes estéticos com alterações quase imperceptíveis, como foi o caso do Facebook e do Instagram, enquanto outras mudaram drasticamente a fim de refletir sua nova realidade. Veja abaixo o antes e depois de algumas empresas que investiram no promissor redesign:

Em Janeiro o canal musical VH1 mudou sua identidade visual, inserindo um sinal de “+” em sua marca, que representa a união perfeita de TV e música, além de significar a positividade, adição e variedade que o canal proporciona aos telespectadores. A tipografia, em caixa alta, também destaca-se.

Nivea, uma empresa tradicional que não mudava seu logotipo desde 1925, rendeu-se ao redesign e incorporou no logo a sua tradicional latinha de creme redonda.

A Motorola, que agora faz parte do Google, mudou seu logotipo em Junho, adotando uma elipse de cores que representa a conectividade e a própria Google. Fez parte das mudanças também a adoção de uma tipografia minúscula, mais acessível, presente e amigável.

A empresa de cigarros Lucky Strike foi uma das únicas a não adotarem o estilo minimalista flat. Ela apostou em uma nova identidade com profundidade, que funde as cores características da marca com uma nova tipografia detalhada, o resultado ficou elegante.

Como parte das empresas que fizeram apenas ajustes nos detalhes, o aplicativo Instagram redefiniu sua tipografia, ficando mais simples, sem detalhes complexos. O intuito é ser mais acessível.

Adotando o estilo flat e ajustando os detalhes, o Facebook também divulgou recentemente sua nova identidade, que apresenta um “F” maior e uma tonalidade de azul mais profunda.

A nova identidade visual do Firefox foi alvo de debate nos últimos meses, pois, apesar de ser visualmente a mesma coisa, todos os detalhes, degradês, sombras e brilhos foram minimizados e suavizados.

Até em Maio deste ano, a empresa manteve seu nome como “20th Century Fox“. Agora, ela finalmente entrou no século 21, mudando de nome e trazendo consigo um visual contemporâneo, com um “X” minimalista que simboliza Fox e os holofotes do logotipo anterior.

De maiúsculo para minúsculo, foi isso que a Billboard fez além de deixar a marca mais impactante e com mais cores. Pode parecer pouca coisa, mas a intenção foi aproximar a marca do público de forma lúdica e cativante.

 

Nossos Redesigns

 

Creato também já fez uso do redesign muitas vezes. Sempre atendendo aos desejos dos clientes e integrando as tendências e os requisitos de uma boa identidade, mostramos o quão é importante investir neste recurso quando necessário. Confira alguns exemplos:

A área de trabalho da empresa Alagu é extensa, e assim deveria ser o significado de sua identidade visual após o redesign. As cores remetem às suas áreas relacionadas com a natureza em sua totalidade. Ainda há um “A” subliminar inserido na trolha, uma ferramenta empregada na exerção do trabalho da empresa.

A nova identidade visual do DJ Spock une com harmonia temas relacionados à música – e às suas ferramentas de trabalho. Uma nota musical, caixa de som e decibéis compõem o novo logotipo, que carrega consigo uma tipografia “futurista”.

Uma das exigências da Vulcamec, uma empresa de vulcanização, ao solicitar o redesign foi que fosse mantido os riscos da logotipo antiga. Tendo em mente a área de trabalho da empresa, adaptamos as correias transportadoras ao “V”, que ainda mantém os riscos. Mesclamos a perspectiva da logo também na tipografia, mudando-a também.

Após um problema com a patente do logotipo anterior, fomos requisitados pela RefriPassos para que fizéssemos um redesign em sua identidade visual. Mantemos as cores características, mas aplicamos profundidade e inserimos um “P” subliminar no “R”, iniciais da empresa.

A empresa de confecções, Barbara, exigiu que a nova marca refletisse delicadeza, suavidade e movimento. Para isso, unimos linhas, uma tipografia moderna e uma agulha, formando assim um sutil “B”. Foi retirado também o “.com” do nome da empresa.